Procurar      
Inglês       Espanhol       Francês
Sérgio Moreira
 
23/03/2016 - Semana Santa em Minas mistura religiosidade, tradição e cultura
 

Vivenciar em Minas Gerais a fé, a arte e a cultura durante a Semana Santa. Esta é a proposta para o feriado prolongado que se aproxima. Municípios mineiros contam com uma programação especial para os fiéis que encontram, nos rituais, uma maneira de relembrar dos últimos momentos até a ressurreição de Cristo.

Na capital, a Semana Santa é celebrada pelas paróquias da Arquidiocese de Belo Horizonte. Os fiéis se unem em uma grande demonstração de fé, religiosidade e devoção, que tem início no Domingo de Ramos, data que recorda a entrada triunfal de Jesus Cristo em Jerusalém e termina no Domingo de Páscoa, com a celebração da ressurreição.

A dica para quem quer curtir o feriado em Belo Horizonte é visitar o Circuito Liberdade. Todos os espaços estão com programação intensa durante o período. O Inhotim, em Brumadinho, também estará de portas abertas para visitação.

Para quem prefere passear ao ar livre, os Parques Municipais de Belo Horizonte oferecem diferentes opções para desfrutar de bons momentos de lazer, descanso e descontração. Todos eles estarão abertos durante o feriado.

O Santuário Estadual Nossa Senhora da Piedade, localizado em Caeté, a 48 quilômetros de Belo Horizonte, é um dos roteiros mais procurados pelo turista religioso. A tranquilidade do lugar, situado a 1700 metros acima do nível do mar, é propícia para momentos de reflexão e orações.

Em dias claros, é possível, também admirar belas paisagens, tendo como pano de fundo as montanhas de Minas Gerais. Tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) – o Santuário é ponto de encontro dos devotos da padroeira de Minas Gerais, Nossa Senhora da Piedade.

A partir do início da Quaresma – que começou na Quarta de Cinzas –, o local recebe, a cada domingo, aproximadamente quatro mil visitantes que percorrem uma ladeira de cinco quilômetros em Via Sacra que lembra os últimos momentos de Cristo. Desde o início da quaresma, a igreja se veste de luto, todas as imagens dos altares são cobertas de roxo.

As procissões percorrem as principais ruas do centro histórico, contado com a participação de alguns moradores que vestem personagens bíblicos. Na sexta-feira da Paixão é montada a representação do calvário na Praça João Pinheiro, ao final do dia, ocorre o decida da Cruz e a procissão de enterro que acompanhada por sociedades musicais do município.

A Semana Santa em Ouro Preto é considerada uma das mais tradicionais do Brasil. Além do cenário propício e que relembra a paixão de Cristo, diversos são os atos religiosos, pontos de referências para as celebrações. Junto aos ritos religiosos, há uma produção na cidade para receber milhares de turistas.

A cidade oferece diversas atrações durante a semana como encenações litúrgicas nas escadarias e adros das igrejas, via Sacras com quadros vivos, filmes e folheteria, com o histórico e a descrição das cerimônias, indicando rituais e locais, exposições de artes em diversas salas e galerias da cidade, além da confecção do tradicional tapete com 22 quilômetros, feito com serragem, borra de café, raspa de couro e afins.

Em Mariana, as festividades diárias do mês santo tiveram início no último dia 11 com celebrações penitenciais, sempre às 19 h, em diferentes regiões da cidade. Na sexta-feira da Paixão, fiéis cobertos por túnicas brancas percorrem as ruas do centro histórico, no fim da noite, para reviver a "Procissão das Almas", uma antiga lenda marianense.

As celebrações se estendem até o dia 27/3, quando acontece o Domingo da Ressurreição, que encerra a programação da Semana Santa com celebração Eucarística na Praça dos Ferroviários e procissão da Ressurreição na Catedral Metropolitana.Sabará conta com diversas atividades católicas entre sermões, ofícios quaresmais e missas. As ruas da cidade se transformam em cenário de procissões quando os casarões centenários emprestam suas belezas para a celebração da data. No Domingo de Páscoa haverá missa solene na Praça Melo Viana, em seguida haverá procissão até a Matriz de Nossa Senhora da Conceição.

A tradição é destaque nas celebrações em São João del-Rei. A Semana Santa é uma demonstração da fé que se mantém por aproximadamente 300 anos através de suas cerimonias religiosas. A celebração é a única no Brasil que preservou antigas tradições, hoje abolidas, como a utilização do latim, considerado língua morta que é utilizada nos Motetos, nas Matinas e Laudes, tocadas e cantadas.

Em Diamantina, a Semana Santa tem como destaque a encenação da Sexta-Feira da Paixão, com guardiões romanos e cerca de 300 participantes reproduzindo a Via Sacra. Na manhã do Domingo de Páscoa, as ruas são enfeitadas com flores e nas janelas dos sobrados surgem colchas e toalhas coloridas. A charmosa Tiradentes preserva tradições centenárias nos ritos da Semana Santa. O destaque vai para os passos, pequenos altares construídos no século 18, que ficam fechados durante a maior parte do ano, mas abrem suas portas durante as procissões de Ramos e das Dores. A cerimônia do lava-pés, que ocorre na quinta-feira santa na igreja matriz é um dos eventos mais movimentados. No Domingo de Páscoa, os moradores decoram suas janelas com toalhas bordadas e mudam a paisagem da cidade.

Para uma Páscoa especial- Araxá preparou uma celebração especial: a Páscoa Iluminada. A programação, que começa no dia 25 de março e se estende até 24 de abril, conta com espetáculos de padrão mundial com muita música, luzes, tecnologia de ponta e arte. O evento acontece no maior atrativo turístico da região, o famoso Grande Hotel de Araxá. Além das celebrações cristãs, época de Páscoa é também época de saborear deliciosos chocolates.  Monte Verde oferece aos visitantes os mais variados tipos da iguaria: chocolate ao leite, amargo, meio amargo, com recheio de licor, trufas recheadas e fondues. Já se tornou tradição a confecção de um bolo gigante, com tantos metros quantos os anos de fundação do distrito (este ano terá 65 metros) que é distribuído aos moradores e turistas no dia da Páscoa. Para as crianças, ovos de páscoa são escondidos e a sua caça vira uma grande diversão. Além disso, o destino é uma ótima escolha para aqueles que já querem ir desfrutando um pouquinho do clima frio e das paisagens que a cidade oferece.

Interessados em participar da nova edição do evento, entre artistas, grupos e coletivos das mais diversas áreas das artes, literatura, música, entre outros, podem se inscrever gratuitamente-  Artistas locais que queiram participar da nova edição da Virada Cultural de Belo Horizonte, marcada para os dias 9 e 10 de julho, já podem se inscrever gratuitamente, até o dia 3 de abril, no sitewww.viradaculturalbh.com.br, onde consta o regulamento completo. Podem se inscrever artistas, grupos e coletivos que atuam nas áreas de Artes Cênicas, Artes Visuais, Intervenções Urbanas, Literatura, Música, Feiras, Cultura Popular e Mestre de Cerimônias. Outras áreas criativas que dialogam com a cultura também terão espaço na programação. No ato de inscrição, o artista deverá detalhar as necessidades técnicas para a realização de sua apresentação e demais informações relevantes sobre seu trabalho. As propostas serão avaliadas por uma comissão artística formada por representantes da sociedade civil e do poder público, ligados a cada uma das áreas contempladas. A comissão é responsável por avaliar a qualidade artística, a originalidade e a relevância da proposta, além da adequação ao conceito do evento. As propostas selecionadas também passarão por uma avaliação técnica da organização do evento. Para Simone Araújo, diretora de Ações Culturais Regionalizadas da Funda- ção Municipal de Cultura (FMC) e coordenadora da Virada Cultural, a intenção é fazer um evento plural, com uma diversidade maior de ações fora dos palcos. “A Virada não é só palco, não é só música. É, principalmente, a ocupação do espaço urbano pelo público e pelo artista, nas suas mais diversas expressões. Neste ano, convidamos artistas de rua, grupos de teatro e de intervenções urbanas para se inscreverem. Pensamos em uma Virada Cultural com arte espalhada por todo o centro”, disse. Para Leônidas Oliveira, presidente da FMC, julho será um mês especial para a cultura na cidade. “Além da Virada Cultural, a Prefeitura organiza mais uma edição do Arraiá de Belô e ainda tem um momento especialíssimo, que todos estão aguardando, que é o anúncio do resultado da candidatura do Conjunto Moderno da Pampulha a patrimônio mundial. 10.446/2012, a Virada Cultural de BH integra o calendário oficial de eventos da capital mineira. O evento cresce a cada ano, contando com uma participação cada vez maior do público. A primeira edição, em 2013, teve mais de 400 atrações e recebeu um público superior a 200 mil pessoas. No ano seguinte, a Virada Cultural recebeu um público de 400 mil pessoas, que acompanharam as 470 atrações artísticas. Em 2015 foram cerca de 600 atrações e um público calculado em 500 mil pessoas.

 

A dupla Bruno e Marrone no Arraiá do PIC-  Uma das melhores festas juninas de Belo Horizonte , o Arraiá do PIC , este ano vai acontecer no dia 4 de junho. A grande atração da noite será a dupla Bruno e Marrone, além do sertanejo universitário, DJ, parque de diversão para a garotada e toda aquela estrutura impecável de serviço open bar/food. A decoração será outro ponto forte, pois terá muitas novidades. Como nos anos anteriores, a campanha de incentivo ao uso de táxis “É chic ter chauffeur” também funcionará, para garantir o conforto e a comodidade dos participantes.Este ano teremos uma inovação: a venda de ingressos será online. O sistema entra no ar dia 24/03, a partir das 9h. E os interessados podem acessar o hotsite do evento e ver todos os detalhes desta grande festa. www.pic-clube.com.br/arraia2016. informações pelo 3516-8282.

PÁSCOA EM CANELA -
 Além da decoração lúdica com coelhos de diversos tamanhos, brinquedos interativos e ovos coloridos , o evento conta com uma intensa programação cultural que iniciou no último final de semana.
 A criançada conta com um espaço divertido na Casa dos Coelhos Malucos na praça João Corrêa, onde serão recepcionadas pelos animados coelhos com cantoria e contação de histórias, tudo isso regado a muita pipoca de chocolate. A casa estará aberta  de 24 a 27/03, das 13h às 18h30min.
E nesta semana, as atrações estarão imperdíveis. Os espetáculos religiosos sob a coordenação da Faces Produções garantirão fé e religiosidade. Entre os destaques está Tenebrae – Ofício de Trevas, que unirá a liturgia com músicas sacras e teatro, mostrando a agonia de Cristo nos seus últimos momentos de vida, com encenação no interior da Catedral de Pedra, no dia 24, às 20h e Yeshua- Jesus, um espetáculo novo, que narrará a vida do Homem que, há dois mil anos, nos faz pensar em nossos atos, e será realizado nos jardins da Igreja de Pedra de Canela, no dia 25, às 21h30min. Outra opção de lazer é Feira de Páscoa promovida pela AMPEC – Associação de Micro e Pequenas Empresas de Canela, que acontecerá até o dia 27, contando com os mais variados produtos desde chocolate, brinquedos, roupas e acessórios até móveis e decoração. A feira acontece diariamente das 11h às 21h, com horário diferenciado nas sextas e sábados, das 11h às 22h, com entrada e estacionamento gratuitos. 
A Páscoa em Canela é uma realização da secretaria de Turismo e ACIC, com criação da Faces Produções.

Confira a programação: 24 a 27 de março – Casa dos Coelhos Malucos – Praça João Corrêa – das 13h às 18h30min. 24 de março – Missa do Lava pés –Tenebrae – Ofício de Trevas

Vigília Pascal – Catedral de Pedra – 20h25 de março -Celebração da Santa Cruz – Catedral de Pedra – 15h

Procissão do Encontro – Saída da Praça João Corrêa até a Catedral de Pedra – 20h
26 de março – Missa da Vigília Pascal – Catedral de Pedra – 20h

Paixão de Cristo – 21h30min 27 de março – Missa – Catedral de Pedra – 8h, 10h30 e 18h

10° Salão de Turismo da ABAV - Aconteceu no dia 18 de março, o 10° Salão de Turismo da ABAV. Na ocasião foram divulgados novos roteiros e as opções que Minas Gerais oferece ao turista. Os segmentos de Cultura, Natureza/Aventura, Bem Estar e Gastronomia são destaques. Nesta edição ,a Frente da Gastronomia Mineira, que levaram quitandas típicas para degustação. O evento foi voltado para os agentes de viagem de Belo Horizonte e interior, e aconteceu das 9 às 19h no Dayrell Hotel e Centro de Convenções, no centro de BH . Cerca de 1000 pessoas participaram do evento.
Estandes de Operadoras, hotéis  e pousadas no salão de turismo


A Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação – FBHA em parceria com a Les Clefs d’Or - Associação Brasileira de Concierges e com o apoio do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de São Lourenço, Sindicato de Hospedagem e Alimentação de Caxambu - SIGAH, dos Conventions Bureaux de São Lourenço e de Caxambu e do Circuito Turístico das Águas, realizará o 3º Encontro de Concierges e Recepcionistas – Edição Circuito das Águas, no dia 29 de abril, no Hotel Brasil, em São Lourenço.O evento tem como objetivo a estruturação de uma metodologia de trabalho em rede para uma adequada e competente recepção aos turistas internacionais e nacionais. O foco é organizar e aumentar a eficiência nos processos de atendimento ao turista, conhecendo suas necessidades básicas, um pouco de sua cultura, oferecendo atrativos conforme seu perfil turístico e interesse na visita a Minas Gerais e especialmente no Circuito das Águas.

 


 

Imagem: Divulgação

Santuário de Nossa Senhora da Piedade


Imagem: Divulgação

Cerimônia em Ouro Preto


Imagem: Divulgação

Diretores da ABAV MG e representantes da Secretaria de Turismo de MG e Belotur na abertura do Salão de Turismo


Imagem: Divulgação

Estandes de Operadoras, hotéis e pousadas no salão de turismo


Imagem: Divulgação

São Lourenço encanta os turistas pela sua beleza e as águas termais